5 Hábitos das pessoas bem sucedidas

fevereiro 16, 2012

Newsletter do site QUEROFICARICO.COM/BLOG/

1) Jamais usar desculpas

Todos nós temos duas vozes. Há a voz que nos diz para trabalhar duro, para se concentrar na tarefa em mãos e para terminá-la antes de passarmos para a próxima. E para terminar bem.

Temos também a voz que nos diz para fazer uma pausa, para pensar sobre o que está na TV, ou para visitar um site tipo Facebook ou Twitter.

Na vida nós somos a vítima de injustiças, de tempos em tempos. Pode ser uma promoção que merecemos, mas não recebemos. Não importa quem somos, vamos ser tratados de forma injusta em algum ponto.

Podemos sentir pena de nós mesmos, ou empurrar para a frente e colocá-lo atrás de nós – até mesmo usá-lo como motivação.

Nelson Mandela poderia ter usado sua prisão injusta como uma desculpa para a sua raiva. Em vez disso, ele a usou como uma oportunidade para aprender, crescer, e futuramente salvar outros.

Ouça as suas desculpas. Em seguida, observe que elas não passam de um obstáculo para o seu sucesso.

2) Acordar bem cedo, dormir bem tarde

As pessoas que alcançaram o verdadeiro sucesso em suas vidas têm trabalhado para isso. Isso pode vir de sacrifícios de outras áreas de suas vidas, como a família ou vida social. Mas sua missão é, em primeiro lugar. Até que esteja completa, tudo o mais vem em segundo lugar.

Dormir, por exemplo é uma das coisas que você terá que abrir mão se você realmente quer atingir o sucesso. Ou você gosta mais de dormir do que gosta de ser bem sucedido?

Quando perguntaram para 50 Cent (rapper e ator americano) o que ele fazia quando não gravando, respondeu que quando não estava gravando um filme, estava compondo uma música.

Então perguntaram: “Quando você dorme?”. Ele respondeu: ”dormir é para aquelas pessoas que são quebradas. Eu não durmo. Por isso eu tenho mais uma oportunidade de fazer um sonho se tornar uma realidade.”

3) Sempre se questionar, nunca desistir

Todos nós temos momentos de dúvida. Mesmo o melhor de nós se questiona se o sonho vai se tornar realidade. A única coisa que separa o verdadeiro sucesso daqueles que nunca atingiram o seu verdadeiro potencial é uma fé inabalável no seu negócio.

Mesmo em momentos de dúvida, estão logo focados novamente, onde outros deixam a dúvida consumi-los e, finalmente, desistem.

Tenha seus momentos de dúvida. Você é humano. Só não deixe que a dúvida te consuma. Em vez disso, deixe-a motivá-lo a provar o seu otimismo direito.

4) Ter objetivos bem definidos

Muitas das grandes realizações do mundo foram realizadas por homens e mulheres inseguras, pessoas que tinham algo a provar para os outros. Um desejo de elevar o seu status e criar uma mudança tão forte, que o fracasso simplesmente nunca seria opção.

A razão de Abraham Lincoln tinha tudo a ver com sua visão de si mesmo em relação aos outros. Onde outros viam um menino pobre, analfabeto, Lincoln viu alguém capaz de alcançar mais, mesmo se tivesse que fazê-lo completamente sozinho.

Ele também viu a necessidade de mudança. Uma nação que pregava a liberdade mas não era livre. Viu algo de fundamentalmente errado com isso e começou a mudá-lo. O seus porquês não eram sobre ele. Que por sua vez fez dele um dos grandes homens da história.

Entenda por quê. Você tem que colocar a razão a trabalhar quando os outros dormem, a sacrificar uma vida segura para um arriscado sem teto. Encontre perguntando por que, e não pare até que você atinja seu núcleo, seja razão emocional para querer alterar seu status, ou o status dos outros.

5) Assumir riscos

Nenhum risco, nenhuma recompensa. Sim, é um clichê usado até demais. Mas é verdade. Aqueles que alcançaram o sucesso real, muitas vezes arriscou a mais para chegar lá.

Houve milhares (ou milhões!) de pessoas ao longo da história que tiveram a capacidade de alcançar a grandeza, seja pelo talento ou pela inteligência que tinham. O que não tinham era a coragem de arriscar a vida que eles estavam vivendo.

“A maior tragédia da vida é desperdiçar o talento.” ~ A Bronx Tale

Seu sonho grande e audacioso poderia ser se casar com a garota dos seus sonhos e ter uma família com ela. Seu risco poderia ser a de deixar a carreira que você ama, a fim de apoiá-la.

Seu sonho pode ser ajudar milhões de pessoas a viverem vidas mais longas e mais saudáveis. Seja qual for o seu sonho, dê chances o bastante de ser realizado.

Encontre o seu sonho. Então, arrisque TUDO para alcançá-lo.

Afinal, na vida há pessoas que querem que algo aconteça e outras que fazem acontecer.

Que tipo de pessoa você é?


As 48 leis do poder e os meus oráculos pessoais

fevereiro 8, 2012
As 48 leis do Poder é um livro de Robert Greene e Jost Elffers. Um dos melhores livros que já li, um best-seller de cabeceira.

O melhor de livros deste tipo é que eles te dão PEGADA pra o que é a VIDA CORPORATIVA DE VERDADE: competição, manipulação de resultados, política, jogo duplo, marketing pessoal e blefe pesado.

São livros que dentre outras coisas te ensinam a devolver a cotovelada no momento certo quando o juiz não tá olhando e ainda escapar sem nem levar um cartãozinho amarelo.

Você deve achar estranho eu estar te falando essas coisas já que a maior parte dos sites e blogs por aí falam de escritórios com bichinhos de pelúcia, compromisso incondicional com a empresa, integridade plena no discurso corporativo, amor pelo cliente, etc, etc, etc. Só que o mundo corporativo não está tão cheio de coisas assim na prática, a não ser no mundo rosinha que funciona até os três primeiros períodos da faculdade quando você ainda é um atabacado que lê revista VOCÊ S.A.

O livro de Greene e Elffers tem quarenta e oito leis práticas devidamente ilustradas por fatos históricos que legitimam o argumento do autor. Dessas leis existem três que são as minhas preferidas. Verdadeiros princípios de vida pra enfrentar o mundo corporativo real:

NÃO CONFIE DEMAIS NOS AMIGOS. APRENDA A USAR OS INIMIGOS.

”Cautela com os amigos. Eles o trairão mais rapidamente, pois são com mais facilidade levados à inveja. Eles também se tornam mimados e tirânicos. Mas contrate um ex-inimigo e ele lhe será mais fiel do que um amigo, porque tem mais a provar. De fato, você tem mais a temer por parte dos amigos do que dos inimigos. Se você não tem inimigos, descubra um jeito de tê-los” 

SEJA OUSADO

”Inseguro quanto ao que fazer, não tente. Suas dúvidas e hesitações contaminarão seus atos. A timidez é perigosa: melhor agir com coragem. Qualquer erro cometido com ousadia é facilmente corrigido com mais ousadia. Todos admiram o corajoso, ninguém louva o tímido”.

OCULTE AS SUAS INTENÇÕES

”Mantenha as pessoas na dúvida e no escuro, jamais revelando o propósito de seus atos. Não sabendo o que você pretende, não podem preparar uma defesa. Leve-as pelo caminho errado até bem longe, envolva-as em bastante fumaça e, quando elas perceberem as suas intenções será tarde demais.

Os motivos são muitos pra eu ter escolhido estas três leis.

O que eu posso dizer é que existem alguns livros e filmes que são verdadeiros ”oráculos” ao qual periodicamente você tem que se ”consultar” pra não perder a malícia.

Eu resolvi compartilhar os meus ORÁCULOS PESSOAIS com vocês aqui no Blog:

NÃO PASSE PELA VIDA SEM LER:

As 48 leis do poder (Greene e Elffers);

O poderoso chefão (Puzo);

O príncipe (Maquiavel);

A arte da guerra (Sun Tzu);

NÃO PASSE PELA VIDA SEM VER:

O poderoso Chefão (assista a trilogia completa);

Wall Street: poder e cobiça;

O advogado do diabo.

Eu gosto dos anti-heróis! Vito Corleone, Michael Corleone, Gordon Gekko e John Milton são os personagens do cinema que mais tem a ensinar pra quem quiser aprender sobre VIDA CORPORATIVA.

Eu torço pra que você possa crescer bastante conhecendo esses fantásticos personagens lendo os livros e vendo os filmes.

Você vai entender melhor muitas situações que te incomodam. Eu duvido que a sua vida será igual depois de conhecer esses caras!

PEÇA DEMISSÃO E VÁ TRABALHAR!


Filosofia de banheiro de escritório

fevereiro 7, 2012

”Melhor que o dia da contratação é o dia de pedir demissão”



Como o blogueiro que vos fala compra livros

fevereiro 1, 2012

Eu tenho uma verdadeira febre por adquirir livros. Confesso que ultimamente tenho comprado mais livros do que o meu tempo livre me permite ler. Já tô com a agenda lotada de leituras programadas até 2013!

Nestas últimas férias (apenas 20 dias) eu comprei uns 12 livros e achei que valia pena contar aqui no blog qual é o meu roteiro na hora de adquirir os títulos que mais me interessam.

O ponto principal é: eu gosto de comprar livros mas odeio gastar dinheiro. Pechincho até na hora de comprar chiclete.

Então vamos ao roteiro de como chegar aos melhores livros gastando o mínimo:

PRIMEIRO PASSO:

Vá até a melhor livraria da sua cidade (no meu caso a Cultura no Recife Antigo/Shopping Paço Alfândega). Todos os lançamentos e todas as melhores opções disponíveis estão lá. O Café deles tem um cappuccino legal e o ambiente da livraria é show. Vá, porém não compre nada (essa é a grande sacada). As melhores livrarias costumam ser mais caras do que a maior parte dos livros da internet. Enfim, leve um bloquinho, anote o nome dos livros que mais lhe interessaram, manuseie, cheire, folheie e faça uma social com a galera que frequenta a livraria…. but, não compre nada.

SEGUNDO PASSO:

Depois de devidamente anotar quais livros te interessaram no bloquinho, acesse o www.scribd.com e cheque se eles são ofertados de graça em formato PDF (foi assim que eu consegui baixar pro meu PC toda a coleção de Paulo Coelho, a biografia de Roberto Justus, os livros de Eduardo Bueno, Laurindo Gomes e clássicos como O Segredo de Luísa do professor Dolabela).

Existem muitos sites oferecendo e-books grátis por aí, mas eu acho que você não tá disposto a ler Castro Alves ou Machado de Assis, certo?

”- Ah! Eduardo! Ler no PC é um saco!” – Saco nada, acho que o Scribd já me fez economizar uns 500 reais ou mais em livros. E se puder comprar um tablet, ler no PC fica bem mais confortável.

TERCEIRO PASSO

Não tem no Scribd? Vamos a próxima etapa: ESTANTE VIRTUAL!

www.estantevirtual.com.br é um site excelente de livros usados, quase novos e com excelente qualidade. É muito comum que livros praticamente novos sejam vendidos pela metade do preço da livraria. A descrição dada pelos donos dos sebos condiz perfeitamente com a realidade do livro. Já comprei diversos livros no site.

QUARTO PASSO

Comparar preços no BondFaro ou no Buscapé…. sempre atento aos sites conhecidos e ao menor preço, claro.

ÚLTIMO PASSO 

”O homem que empresta um livro merece ter a mão cortada… o homem que devolve merece ter as duas mãos cortadas” ditado árabe.

Identifique aqueles amigos que possuem bibliotecas estupendas e não se importam com os livros. Aquele tipo de amigo que herdou a biblioteca completa da avó e que você fica babando pelos livros toda vez que vai na casa dele. É um desperdício não é verdade? Lembre-se dos árabes nesta hora.

É isso aí. Boa sorte nas leituras e nas compras!


2012 de volta ao blog

janeiro 12, 2012

Muita gente me mandou email perguntando se eu tinha morrido já que eu não vinha atualizando o blog há tempos (já pensou você recebendo uma resposta minha vinda do além??… de um servidor do tipo @céu.com.br??)

Fazendo as contas percebi que o blog tá parado desde agosto de 2010! Dentro de mais alguns meses eu completaria 2 anos sem postar nada!!

O tempo sem escrever foi proposital,  eu precisava tirar um período pra refrescar as idéias porque acho que os últimos posts já estavam sem o vigor de outrora fazia um tempo.

Foi um período em que eu pude viajar muito, ler novos livros, conhecer pessoas diferentes e redefinir alguns conceitos sobre as coisas em que eu acredito. Afinal, tudo de diferente na sua vida vai acontecer baseado em três coisas: LIVROS, PESSOAS e EXPERIÊNCIAS.

Bom, desde a última atualização do blog muita coisa aconteceu: me casei, mudei de empresa (estou na área comercial de uma multinacional alemã), iniciei o curso de mestrado em economia na UFPE, pedi demissão das aulas na faculdade (o tempo não deixa… tô viajando pra caramba) e comecei uma experiência nova dando aulas de administração pra concursos públicos uma vez por semana.

As motivações e as opiniões mudaram um pouco e relendo posts antigos vejo que alguns pontos precisavam ser revistos… de qualquer modo, a essência do blog continua: você tem que gostar do que faz e marcar a sua vida com realizações que te deem orgulho!

Bom, sejam bem vindos a uma nova fase do blog que começa agora em 2012. Eu não penso em mudar nada na Home Page no momento,  já que não tem nada mais ilustrativo pra nossa filosofia do que um cara de paletó com um timão na mão guiando a sua própria direção.

Pra quem quiser trocar idéias o canal continua aberto: tavaresmello@msn.com, aguardo o seu email ou o seu contato via MSN.

 

Emprego é DOWN, Trabalho é UP!

Peça Demissão e vá trabalhar!

 


Paixão por vendas não tem idade

agosto 1, 2010

Neste último fim de semana, tive o prazer de assistir uma palestra bem interessante com uma pernambucana de 14 anos de idade (você deve ter se assustado com a idade).

Robervânia Albuquerque é de Belo Jardim, Pernambuco, e além de vendedora de doces nas ruas da cidade onde mora é também, palestrante de vendas.

A menininha energizou a galera da faculdade IBGM que participava da convenção semestral e tem encantado o Brasil inteiro com suas palestras sobre vendas e seu talento pra falar de negócios.

Robervânia é uma garota pobre e talentosa, estudante de escola pública talvez jamais tenha lido Kotler, Prahalad e outros bam-bam-bans da administração. Pois é justamente nessas horas que eu fico com a impressão de que administradores de empresas deve ter um componente importante de formação de rua e um pouco menos de teorias acadêmicas na cabeça.

A escola da vida continua sendo muito mais legal e interessante que a outra escola que a gente já conhece.

Confira um pouco da trajetória da Robervânia no vídeo abaixo:


Qual a Jabulani da sua empresa??

junho 26, 2010

A Jabulani é a bola da Copa. Ou melhor, a bola da vez. O Luis Fabiano já disse que ela é “sobrenatural”. Traiçoeira, sinuosa, leve, pouco obediente. No idioma zulu significa “celebração”. Deveria se chamar “Nossa Senhora das Desculpas”, pois já é a vilã da Copa, a fonte das explicações para quem fracassar na África do Sul. Jabulani é o álibi perfeito para quem não quiser assumir responsabilidades pelas suas decisões e competências.

Já vi times reclamando do campo, da chuva, do frio, da altitude, do juiz, da torcida, de “despacho”, da zebra, da “mão de Deus”. É a primeira vez que ouço, preventivamente, reclamações sobre a bola. Como se ela fosse ser utilizada por apenas um time. Se ela é diferente, mais leve, etc, ela o é para todos, que tem tido tempo para se adaptar, treinar, usá-la.

Faço essas considerações pois reflete um hábito bastante nosso: o de buscar desculpas e justificativas para nossa incapacidade de fazer o que tem de ser feito. Muito mais fácil atribuir a fatores externos a causa dos nossos problemas, dificuldades e incompetência de atingir objetivos, do que assumirmos essa responsabilidade como algo dentro de cada um de nós.

Há alguns meses fiz uma pesquisa com empresas e pessoas físicas sobre os motivos pelos quais não conseguiam atingir seus objetivos empresariais ou realizar seus sonhos de carreira. Fiquei surpreso quando vi que cerca de 92% atribuiam a culpa a concorrentes, ao governo, a taxa de juros, a tecnologia, ao mercado, ao custo do capital, E, no caso, de pessoas físicas, a culpa sempre é do chefe, da empresa, de algum familiar, da ex-mulher, do maridão, da falta de sorte, da chuva torrencial,  etc.

Sempre digo que o maior concorrente de uma empresa não é quem fabrica os mesmos produtos ou presta os mesmos serviços. O maior concorrente está dentro de casa: falta de objetivos claros, liderança ineficaz, falta de integração entre as diversas áreas, falta de inovação, atitudes como falta de iniciativa, foco, otimismo, relacionamento inadequado com canais distribuidores, atendimento ruim a clientes, etc.

Mas é muito mais fácil encontrar “jabulanis” como causa dos nossos problemas e ineficências… a sua empresa tem uma boa “jabulani” para explicar o inatingimento de resultados? E você, tem um bom “jabulani” que justifique porque você não consegue realizar seus sonhos na vida e na carreira profissional?

por César Souza da ÉPOCA Negócios


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.