Será que é segredo mesmo?

veja04abril2.jpg

 

O Segredo, livro da escritora australiana Rhonda Byrne, é um livro que trata do poder do pensamento positivo sobre a sua vida e já é o maior sucesso de vendas da história dentro do gênero auto-ajuda. Segundo a Veja, a primeira edição teve 1 milhão de cópias  vendidas e uma segunda edição de 2 milhões já está no forno com boas perspectivas de esgotar também (para conferir o trailer do filme do livro clique aqui ).

 

O Segredo é a lei da atração: “tudo o que vem até você é atraído por você mesmo”. Recentemente, a Veja fez uma longa reportagem sobre o livro, que ainda não foi lançado em português, mas já tem uma comunidade com nada menos que 12.000 membros no brasileiríssimo Orkut.

 

Longe de acreditar nas teorias que dizem que se você se colocar na frente do espelho e repetir para si mesmo que você é um vencedor e isso vá causar alguma repercussão na sua vida, eu acredito que o livro pode ser bola dentro e não bola fora se ele tratar do pensar positivo como condição inicial para o resultado.

 

Me incomoda pra caramba, as empresas e as pessoas pagarem milhões pra tentar entender coisas óbvias demais. Não entra na minha cabeça, por exemplo, como é possível pagar uma fortuna pro Tim Sanders do Yahoo explicar o porquê é importante que você ame os seus colegas de trabalho. Será que nos tornamos tão técnicos, tão máquinas que você precisa fazer um minicurso com um executivo pra que ele explique o que é amor pra você? E pra te falarem que você precisa pensar positivo, você paga quanto? 

 

O livro da Rhonda Byrne não promete trazer grandes novidades. Promete explicar o óbvio que ninguém parece entender: você não pode ser competitivo se começar o jogo já pensando em perder. Você não pode ser competitivo se perde na primeira para o seu grande adversário: você.

 

De qualquer forma se o lance é acreditar que tudo vai acontecer pra mim unicamente porque eu pensei positivamente, eu ainda prefiro a minha planilhazinha de Excel feita religiosamente todo mês de dezembro descriminando todas as minhas metas para o ano seguinte. Desde 2001, quando eu assumi esse compromisso eu tenho realizado absolutamente tudo o que eu tenho planejado durante o ano.

 

Pensar positivo só serve se for na forma de atitude e como condição inicial pra entendermos que pras coisas acontecerem pra você, elas não dependem do professor da sua universidade, do seu chefe ou do presidente do Brasil: a tarefa de casa quem tem que fazer é você.

 

Pensar positivo só vale se for acompanhado de 90% de transpiração pra fazer a roda girar.

 

Esse é o segredo.

.

.

.

Eduardo Tavares

O cara que te contou o segredo 

 

7 respostas para Será que é segredo mesmo?

  1. Tatiana Camelo disse:

    A Veja foi totalmente critica ao livro, acho que quem escreveu a matéria de fato não deve te lido a obra. A Veja ironiza o tempo todo, e até distorce a mensagem que o livro que passar, dizendo que o pensamento positivo é “mágico” é só pensar e tudo acontece! E não é isso que o segredo fala, ele diz que os seus pensamentos criam as suas atitudes, ou seja, com a força da sugestão de seus pensamentos pode-se alcançar qualquer objetivo, benéfico ou prejudicial, suas atitudes serão sugestionadas pelo tipo de pensamento que você cultuar. Então não é apenas uma questão de pensamento, existe a ação que é sugestionada por aquilo que você acredita como verdade. Se você se sente capaz, e já consegue visualizar a concretização de seus objetivos de uma forma positiva, tudo irá conspirar para que isso aconteça inclusive a suas atitudes.

    É como Eduardo colocou, “quando eu assumo um compromisso eu tenho realizado absolutamente tudo o que tenho planejado durante o ano”. O que é isso? Pensamento mais do que otimista que sugestiona a concretização de tudo que ele determina pra ele.

    Vale a pena ler o livro e ver o filme! O livro será lançado no dia 4/05 em todas as livrarias e o filme já está passando em alguns cinemas do país. Acho que só após ler o livro e ver o filme poderemos criticar.

    Um forte abraço!

    Tatiana

  2. Danielle disse:

    Não li o tal livro, tão pouco li a revista veja. Logo não posso falar mal.
    Porém o comentário do Eduardo chama atenção para apresentação de idéias antigas sendo vendidas com outra embalagem e com uma pitada de misticismo.
    Não há mágica para o sucesso. A questão é identificar a oportunidade, ter disposição para o trabalho e aprender com erros.

    Danielle

  3. marcio disse:

    INTERESSANTE ATE CERTO PONTO ESTA FILOSOFIA POSITIVISTA.
    DESDE QUE O UNICO INTUITO SEJA AJUDAR A MODIFICAR O PENSAMENTO DEPRESSIVO DAS PESSOAS. OU SEJA MUDAR O PADRAO DE PENSAMENTO DE RUIM PARA BOM.
    DEVEMOS TER O MAIOR CUIDADO COM ESTE TIPO DE PNL. O MUNDO ESTA CHEIO DE PSICOPATAS.
    ALEM DO MAIS EU NAO POSSO COLOCAR NA MINHA CABECA QUE SOU UM COELHO E QUE DESEJO SER UM COELHO POIS MINHAS INFORMACOES GENETICAS NAO SE MODIFICARAO. ENTAO……ATE QUE PONTO ESTAS COISAS FUNCIONAM……….

  4. desirée disse:

    o comentario do Eduardo Tavares c certeza eh melhor do q o livro…pq qdo vc ouve o POVO flar de algum livro pd saber q eh a tal babozeira de auto ajuda q nao ajuda porra nenhuma se o ser humano nao qser fazer nada por si ..pela sua vida..nao temreceita p ser feliz nao…os bobo le axa lindo pq a linguagem ta alcance de qqr QI mas nao tem capacidade de colocar nada na pratica..fica soh na filosofia dos fracos…nao..e pior..eles começam q qrer pagar de intelectuais…

  5. Gus Vinci disse:

    Esse livro é um lixo. O tal “Segredo” nunca foi segredo. Eles se aproveitam da onda criada pelo “Código da Vinci” e requentam idéias batidas para fazer literatura de massa. Outra coisa: o livro vende muito porque as idéias são simples. Papel aceita qualquer coisa!🙂

  6. Luanna Tabbatha disse:

    Concordo com Eduardo Tavares ao comentar o seu incômodo com todos pagando para saber obvio, pois isto é claro: Exale perfume e sentirá perfume!
    Também concordo com a Tatiana Camelo ao confirmar a idéia do livro que diz que o pensamento positivo sugestiona ações positiva e isto é como 2+2=4.
    Mas, todas essas idéias com já foi dito, é muito obvia. E também, assim como a VEJA, concordo que o livro dá uma fantasiada, pois o fato de pensar positivo não faz com que apareça notas e cheques no seu correio, como descreve o livro e tudo que imaginar de forma mais impossível. Isto nada tem haver com pensamento positivo e ação sugestionada o termo mais adequado é mágica mesmo!

    Li o livro, pois o importante é ler, mas em nada me acrescentou.

  7. Edu disse:

    Alguem aqui acredita em milagres ? coisas “mágicas” acontecem e muito, enxerga quem quer ver.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: