Dias que parecem ser longos demais

Tem dias que parecem ser longos demais… começou domingo com uma notícia triste e terminou ontem com uma despedida difícil sob um céu cinzento e o pesar dos amigos. Ontem, a violência da cidade onde eu vivo chegou mais perto, saltou da página do jornal, ganhou corpo…. cortou na carne.

Anderson tinha 26 anos e era um cara como você é, como eu sou e tão especial como os diversos amigos que encontrei na universidade. Anderson era divertido, amado, engraçado, inteligente, participativo, criativo e bem humorado.

Não é muito interessante ficar buscando adjetivos porque não dá pra falar muito quando o que se pode dizer é que: Anderson era Anderson, camarada! Foi o cara que eu tive o imenso prazer de conhecer e que você também merecia conhecer. Tinha sonhos, contava piadas, tocava violão, estudava idiomas e tinha planos incríveis que só dependiam dele pra se tornarem realidade. O meu amigo era referência em tudo que ele topava fazer. 

Anderson faleceu ontem, às 9:00 da manhã, vitimado pelo tiro do revólver de um marginal que praticava assaltos na Avenida de mesmo nome da cidade que ele amava. 

No mesmo dia em que Anderson foi assassinado, foram assassinadas outras 18 pessoas em Recife, cidade que tem a média de 13 assassinatos por dia em sua região metropolitana. Agora em maio, desde que o mês começou (e hoje ainda é o oitavo dia do mês) a cidade já totalizou a barbárie de 56 assassinatos.

Se você cruzar os dados que revelam a média de assassinatos na cidade com os dados divulgados pela organização Iraq Body Count (www.iraqbodycount.org) das mortes ocorridas no Iraque durante o mês de abril, você vai ver que pra cada 5,6 assassinatos ocorridos por lá ocorre 1 assassinato em Recife.

Eles estão em guerra. E nós? Também?  

É preciso fazer alguma coisa. É preciso cobrar, debater, discutir, pressionar, estudar formas, se engajar, acreditar e trabalhar pra essa situação acabar.

Na placa de formatura da nossa turma tem uma frase de Graham Bell que diz assim: “Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente aonde os outros já foram”. A hora de fazer a diferença começou.  

Hoje o blog é dele. Do amigo que eu faço questão de encontrar um dia pra saudar com um abraço.

luto.jpg

2 respostas para Dias que parecem ser longos demais

  1. Jocelito Machado Cavalcante disse:

    Assim como todo aquele que, de forma abrupta, foi colhido por infeliz surpresa da notícia do faleciemento de nosso amigo Anderson, deixo aqui minha indignação com tamanha violência que acomete a vida do povo pernambucano, e não só essa gente, mas neste particular, este povo que eu passei a admirar pelos tempos em que ele convivi. Anderson talvez fosse um desses valentes pernambucanos, que tinha sonhos, objetivos, um patrimônio de amigos de proporções gigantescas, dada a simpatia com que conseguia conquistar e cativar as pessoas. Infelizmente a violência saiu das páginas dos jornais, de um lugar imaginário, e veio nos atormentar cara-a-cara. É com profunda lamentação que deixo aqui meus sinceros sentimentos de condolência e conforto a todos os amigos e familiares do nosso Anderson! Que Deus o tenha no melhor lugar que os céus possam oferecer a tão grandiosos SER HUMANO!

  2. Esdras de Melo Souza disse:

    É sentindo na pele que nos indignamos! É perdendo um amigo que choramos! Eu sinto a perda de Anderson assim como os parentes e amigos dos outros 18 mortos no mesmo dia devem ter sentido… Mas não devemos sofrer só por nosso brilhante amigo, devemos sofrer também por uma sociedade que banalizou a violência. “Basta!” isso dizemos todos os dias, mas temos que punir os atuais bandidos e cuidar para que nossas crianças não se tornem os bandidos do futuro. Vamos doar um dia da nossa vida, ou do nosso ano, ou do nosso mês ou ainda da nossa semana para fazermos algo que realmente mude a nossa sociedade! Saudades do nosso orgulhoso administrador: Anderson Souto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: