Um currículo pra vender seu peixe

Essa semana eu pedi demissão da empresa em que eu trabalhei nos últimos quatros anos e meio pra começar a trabalhar de verdade em uma empresa menor, sem benefícios e sem a grife de um grupo multinacional francês.

Acho que já não era segredo pra ninguém que eu era o cara bom em arremessar cestas e que só conseguia jogar no time da equipe de futebol, ou algo mais ou menos como o jogador que tem a habilidade pra atuar no meio campo e que foi escalado obrigatoriamente pra ser o goleiro do time.

É a segunda vez que eu fiz isso. É a segunda vez que eu peço demissão pra poder ir trabalhar.

Uma das coisas que eu aprendi é que conta muito nessa hora ter um currículo matador. Não só pelas experiências onde eu fiz questão de investir, cursos que resolvi fazer ou no trabalho que realizei nas empresas por onde passei, mas principalmente por saber o jeito certo e direcionado de colocar essas coisas no papel pra fazer do meu CV um verdadeiro “outdoor” da minha competência.

Currículo não gera contratação, currículo é passaporte pra entrevista e é certo que sem um bom passaporte você não vai despertar uma vontade imensa do recrutador te conhecer.

A seguir eu postei mais ou menos alguns itens fundamentais em um currículo e a preocupação que você deve ter com cada um destes itens:

Primeiro ponto – Seus Dados pessoais

É desnecessário dizer que basta nome completo, endereço, telefone, email e estado civil neste campo… a Exame, a Você SA. e qualquer revistinha sobre o tema na banca de revista já cansou de falar que colocar número de documentos é coisa da época do seu avô.

O seu Objetivo

Especifique o que você quer. Afinal, você tá enviando o seu currículo pra ser selecionado pra qual vaga?

Quais os seus pontos fortes?

Se você pudesse resumir em três frases o porquê você deveria ser contratado o que você escreveria?

A sua formação acadêmica.

Faculdade, universidade, graduação, pós graduação….. mencione o ano de conclusão ou se você ainda está cursando, cite fatos relevantes da vida acadêmica se você achar adequado pra o que a empresa tá buscando.

Fale das suas experiências.

Fale da sua experiência profissional, mencione as empresas por onde passou, o período em que trabalhou em cada empresa e principalmente, faça um resumo das suas qualificações profissionais, atividades, projetos desenvolvidos e números! Fale de números!

Cursos e conhecimentos específicos.

Fale de cursos que interessem a empresa onde você pretende trabalhar, mencione a sua fluência em idiomas, seu conhecimento de softwares e dispense a menção daquelas palestrinhas de uma hora que você já deve ter assistido em algum momento da vida.

Lembre-se que pra vender  o seu peixe você deve ser ESPECÍFICO: personalize o currículo para apenas uma empresa; e OBJETIVO, enxugue ao máximo as informações no menor espaço possível. Ninguém vai ter muito tempo pra ler o teu currículo – Por isso, dê o recado LOGO!

Pra causar uma impressão positiva, em qualquer coisa na vida, você precisa de pouco tempo.

Apenas 40 segundos pra ser lido e causar uma boa impressão!

Peça Demissão e vá trabalhar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: