Orkuticídio da sua carreira

Orkuticídio ainda não tá no dicionário (eu não tenho dúvidas de que em pouco tempo essa palavra entra) mas se você falar com qualquer pessoa que é usuária do maior site de relacionamentos do Brasil, ela com certeza vai entender: orkuticídio é o mesmo que cometer um suicídio virtual, deletar a sua conta do Orkut.

Eu acredito que dentre tudo o que o Google oferece, nada teve um impacto tão direto na vida pessoal dos usuários quanto o Orkut. Com certeza, o funcionário turco do Google e inventor do site há uns cinco anos atrás não tinha a menor idéia do sucesso que essa coisinha faria por aqui.

A página pessoal do orkut permitiu encontrar todos os colegas da quinta série que você pensava que jamais conseguiria encontrar novamente, permitiu que namoros começassem e acabassem (falo por experiência própria), permitiu que as pessoas conhecessem parceiros de negócios, amigos de viagens, contatos importantes em comunidades interessantes e mais uma coisinha que na minha opinião é o principal: a possibilidade de fazer um marketing pessoal bem eficiente a seu respeito.

Uma das notícias mais comentadas da semana na TV e no jornal nas sessões de carreira e empregos aqui em Pernambuco, foi o fato de que antes das entrevistas, as consultorias de RH tem checado o Orkut dos candidatos como forma de conhecer um pouco da personalidade do cidadão.

Boa sacada! É no orkut que você pode perceber um pouco das preferências, projetos pessoais, aptidões, interesses e opiniões de quem você vai estar colocando pra dentro da sua empresa. Mais um recurso pra você avaliar o cara que vai estar cuidando de parte do seu negócio e que nem sempre revela tudo o que você quer saber na hora da entrevista.

Pra quem tá do outro lado do processo, os cuidados recomendados com o seu perfil é justamente o cuidado básico com tudo aquilo que pode depor contra você. Já imaginou aquela contratação “melar” por causa de uma mancada no profile? Portanto evite:

– Participar de comunidades do tipo: “Eu não suporto meu chefe”; “Eu odeio trabalhar” ou “Eu bebo até cair”;

– Comunidades discriminatórias, com fins ilícitos ou sexuais;

– Álbum pessoal com fotos comprometedoras;

Uma pesquisa da empresa Viadeo (fonte: Blog da Catho) revelou que cerca de 20% das empresas já adotam a prática de “dar uma espiada” no orkut do candidato e 59% dos empregadores assumem que a “pesquisa realizada” influencia a contratação do candidato. Você pode ler a matéria completa do Blog da Catho clicando aqui.

Por isso, vale a pena dar uma revisada no seu perfil.

Ah! E isso vale também pra quem tem o Hi5, MySpace, Facebook, Sonico e todos os outros irmãos menos famosos do orkut.

Não cometa o orkuticídio na sua carreira!

Uma resposta para Orkuticídio da sua carreira

  1. ana maria disse:

    Acho que o meu seja tranquilo…rs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: